Dia Nacional do Aço é comemorado em todo o território brasileiro em 9 de abril. Esta data simbólica serve para relembrar o valor desta importante liga metálica, composta essencialmente de ferro e carbono, que é indispensável para a construção civil e mecânica.

O aço é indispensável em toda a construção tanto quanto uma matéria-prima fundamental, quanto como parte de máquinas e equipamentos.

Segundo pesquisa publicada pela revista Exame em 2016, o Brasil está na nona posição no ranking de maiores produtores de aço bruto no mundo, produzindo 32,9 milhões de toneladas em 2010. 

Crescimento da produção do aço

Em 2017, o Brasil produziu 34,4 milhões de toneladas de aço bruto, segundo o Instituto Aço Brasil (IABr). Com um crescimento de 9,9% sobre 2016, a produção superou a própria estimativa do IABr no início do ano passado, que era de 32,5 milhões de toneladas. A produção de aço laminado também teve um crescimento significativo de 7,2%, comparado ao ano anterior, com um total de 22,4 milhões de toneladas produzidas.

As vendas no mercado interno também superaram as estimativas do IABr, que eram de queda de 1,3% para um crescimento de 2,3% em 2017, atingindo 16,9 milhões de toneladas. Dessa forma, o consumo aparente – o total da produção adicionada das importações e subtraída das exportações – nacional de produtos siderúrgicos foi de 19,2 milhões de toneladas no ano passado, 5,3% superior à 2016.

No comércio internacional, as exportações representaram um crescimento de 14,3% em volume. Já em valor o crescimento foi de 43,9%, movimentando US$ 8 bilhões. Já as importações tiveram um crescimento significativo de 23,9%, somando valores de US$ 2,2 bilhões.

Todo esse crescimento só reafirma a importância que o aço tem para a sociedade e, principalmente, para a economia.

Quer saber mais sobre aço e construção civil? Acompanhe o nosso blog! Conheça o nosso site e fique por dentro dos nossos lançamentos.