Em pleno século 21 é difícil – para não dizer impossível – pensarmos a nossa vida, nosso dia a dia, sem o aço. É só olharmos para nossas cidades que encontramos o aço em todo tipo de construção e projeto arquitetônico.

O aço tomou conta. Mas não foi somente na paisagem que o aço se incorporou. Encontramos aplicações do aço em outras centenas de situações. Nos meios de transporte, aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos, móveis… em quase tudo!

Aço pela história

No decorrer da história, encontramos várias fases do uso do aço. Desde o século XIII a.C., quando foi descoberto que o ferro ficava cada vez mais forte quando deixado em fornalhas de carvão, foi perceptível o enorme uso desse novo metal, de acordo com o World Steel. Nos períodos dos impérios romanos, gregos, persas e chineses, os exércitos buscavam através do aço fazerem armas e armaduras fortes e resistentes. Já no século XIV, o uso do aço passou a ser usado para fins bélicos. Com a descoberta da pólvora, os europeus criaram armas, como as bombardas. Esses canhões eram feitos com uma chapa de aço em forma de tubo.

Mais à frente foi enxergada a necessidade de ampliar o território, construindo novas cidades. A população estava aumentando e vilarejos já não a comportavam mais. Com essa necessidade foi descoberta uma nova finalidade para o aço, além da guerra. No século XIX, envolvidos pela Revolução Industrial, aço e vapor combinam-se entre si com o surgimento do trem, invenção inglesa.

De lá para cá, o uso desse material só aumentou. Usado como estrutura metálica na construção civil, nas ferrovias, na fabricação de equipamentos, como moinhos, nas pontes de ferro, na fabricação de navios, etc. As duas Grandes Guerras Mundiais foram muito importantes para o aço. Além do seu uso na guerra – na primeira com metralhadoras, uma novidade na época e na segunda com a fabricação de aviões e navios para transportes – o metal foi muito importante para os pós-guerrasNo fim da guerra, dezenas de cidades estavam devastadas e era preciso reconstruir. Na corrida para descobrir novos métodos eficazes, rápidos e seguros para a construção, surgiu a tela Eletrosoldada. Uma ótima solução para fundações de concreto, como lajes, pisos, estradas e pontes. Até hoje, estruturas metálicas são muito usadas na construção civil pela sua versatilidade, praticidade e até por suas características estéticas.  

No fim da guerra, o aço inoxidável ganha espaço nas casas. Criado em 1912, teve maior produção apenas a partir de 1950 com móveis feitos do material para melhor conforto e estilo de vida. Esse foi um período significante para o processo de desenvolvimento do aço, pois permitiu que a produção se afastasse dos militares e do transporte e fosse usado em carros e eletrodomésticos. Desde então, o crescimento do uso do aço em nossas sociedades só aumentou. A produção mundial de aço bruto chegou a 1,6 milhões de toneladas, em 2016, com a China representando 45% desse mercado.

Ótimo para o meio ambiente, o aço é totalmente reciclável sem perder a qualidade. Mas a sua fabricação é regida por muitas leis, regras, regulamentos e restrições. A fabricação de aço bem-sucedida deve operar dentro dessas estruturas e continuar a explorar novos caminhos sustentáveis ​​para o futuro.

A Votorantim Siderurgia coloca a sua disposição o serviço de corte e dobra Obra Fácil e os produtos da marca Votoraço. Somos referência no mercado brasileiro e um dos nossos diferenciais é o atendimento adequado e personalizado para você. Conheça o nosso site e fique por dentro dos nossos lançamentos.

Quer saber mais sobre o aço e construção civil? Acompanhe o nosso blog!